CPA

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

O processo de avaliação interna na Faculdade São Luiz, começa orientado pelo SINAES, Lei 10.861 de 09 de julho de 2004, que prevê a criação e implantação da CPA para criar, organizar, implementar e desenvolver a avaliação institucional interna como um processo educativo, crítico e auto regulador de toda a Comunidade Educacional interna e externa, visando efetiva elevação da qualidade da educação dentro de uma prática social coparticipativa, corresponsável e de respeito às diferenças e especificidades.

 

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO

Coordenador da Comissão: Prof. Francisco Lawall

Representante do Corpo Docente: Prof. Antonio Clóvis Gartner
Representante do Corpo Docente: Prof. Amilton Fernando Cardoso
Representante do Corpo Técnico-Administrativo: Viviane Pinheiro Molina
Representante do Corpo Discente: João Cesar Gonçalves

.
CONCEPÇÃO DE AVALIAÇÃO

É um processo formativo contínuo de coparticipação ativa e efetiva de todos os sujeitos da comunidade interna e externa da IES, que busca informações de autoconhecimento e tomada de decisões de caráter político-pedagógico-administrativo, oportunizando a auto regulação da gestão na efetivação da missão e das políticas institucionais.

 

AS DIMENSÕES DA AUTO-AVALIAÇÃO

Missão e o Plano de Desenvolvimento da Instituição;

O Ensino, a Pesquisa e a Extensão na Graduação e na Pós-Graduação;

A Responsabilidade Social;

A comunicação com a Sociedade;

As Políticas de Pessoal: Corpo Docente e Técnico-Administrativo;

Organização e Gestão Organizacional;

Infraestrutura física;

Planejamento e Avaliação;

Sustentabilidade Financeira.

.
ATRIBUIÇÕES DA CPA

Sensibilizar a comunidade acadêmica para o processo de auto avaliação;

Elaborar proposta de auto avaliação institucional;

Validar tal proposta no âmbito da comunidade acadêmica e nos conselhos superiores da IES;

Implementar a proposta discutida e adotada na IES;

Formular relatório preliminar para debate institucional;

Envolver a comunidade acadêmica no processo de avaliação institucional;

Elaborar metodologia que permita observar a coerência entre o projeto institucional e a prática concreta;

Estabelecer estratégias que propiciem a participação na realização da proposta;

Recolher as informações pertinentes;

Interpretar os dados coletados à luz da missão e finalidades institucionais;

Diagnosticar os problemas e as potencialidades;

Indicar prioridades de intervenção;

Consolidar relatório final e ser remetido às instâncias competentes.

 

OBJETIVO GERAL

Criar e implementar um processo de avaliação integrado à globalidade da instituição juntamente com a sociedade que permita conhecer, analisar e refletir a Faculdade São Luiz, para ampliar e consolidar a consciência crítica, política e pedagógica, visando ao contínuo repensar a efetivação da missão institucional.

.
ETAPAS DA AVALIAÇÃO

Preparação: sensibilização e elaboração da proposta de auto avaliação.

Desenvolvimento: levantamento de dados e informações.

Consolidação: elaboração de relatórios, divulgação e balanço crítico.

.

RELATÓRIO DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2016

pdf